Sessão de Culto #17: Near Dark

near_darkNuma noite vulgar, o jovem Caleb conhece a bonita Mae. Ambos começam uma noite que poderia ser especial, até que ela morde o pescoço de Caleb. Este tenta regressar a casa mas o seu estado de saúde começa a piorar. Entretanto, Mae regressa com os seus amigos: um pequeno grupo de vampiros que vão tentar aceitar Caleb. No entanto, este não consegue lidar com as acções cruéis que terá de praticar para sobreviver nem com as tendências homicidas do grupo.

near-dark-1Near Dark é escrito por Eric Red (The Hitcher) e pela realizadora Kathryn Bigelow (Strange Days, The Hurt Locker), que tem aqui a sua segunda longa-metragem. Red e Bigelow criam uma mistura entre Western e Terror, tudo apresentado de forma violenta e eficaz, através dum excelente trabalho de realização. Adrian Pasdar e Jenny Wright são os protagonistas e no pequeno grupo de vampiros psicopatas temos Lance Henriksen, Bill Paxton e Jenette Goldstein, três actores que já haviam trabalhado juntos em Aliens, de James Cameron, conhecido de Bigelow e que ainda encontra por aqui uma pequena referência ao seu filme.

968full-near-dark-photoA obra de Bigelow estreou numa altura em que os vampiros estavam no auge. Em 1985 estreou Fright Night e o seu sucesso abriu as portas a vários filmes do género, criando uma série de filmes onde os vampiros são retratados como seres sedentos de sangue, algo que a realizadora utiliza eficazmente (a cena no bar roça a genialidade, por exemplo). No entanto, apesar de encontrar apoio por parte da crítica Near Dark, estreado em Outubro de 1987, foi um fracasso comercial. De nada ajudou a estreia, três meses antes, de The Lost Boys, de Joel Schumacher, filme de vampiros que teve o apoio de um grande estúdio (a Warner) e que acabo por ser um êxito comercial e crítico (e que também ganhou um enorme seguimento de culto).

neardark1Near Dark foi sendo (re)descoberto com o passar dos anos e é hoje visto como uma das melhores obras de terror dos anos 80 e um marco dentro do cinema de vampiros. É também um dos maiores filmes de culto saído dessa década e uma obra que merece o seguimento que tem, conseguindo ser tudo aquilo que um filme de vampiros deve ser… e muito mais!

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s