Sessão de Culto #56: Clerks

Clerks_movie_poster;_Just_because_they_serve_you_---_Em 1993, o jovem Kevin Smith consegue angariar uma pequena quantia de dinheiro de forma a poder realizar o seu primeiro trabalho cinematográfico, Clerks, cuja acção é centrada em dois empregados duma loja e num dos seus vários dias de trabalho.

18v48c5g9ir0rjpgNo ano seguinte Clerks tem a sua estreia no Festival de Sundance, numa altura em que os filmes independentes americanos estavam a começar a mudar o respectivo mercado, especialmente depois do sucesso estrondoso que foi a estreia de Quenin Tarantino, Reservoir Dogs. A obra de Smith segue as suas pegadas. A recepção crítica e do público é enorme e o filme é adquirido pela Miramax, onde acaba por fazer mais de 3 milhões de dólares nas bilheteiras americanas.

Clerks_1_720_1_largeClerks lança a carreira de Kevin Smith como um dos grandes realizadores de culto da sua geração e marca o início do seu View Askewniverse, composto por várias outras obras passadas neste mesmo universo, onde certas personagens vão surgindo, nomeadamente Jay e Silent Bob, duas figuras com enorme seguimento de culto.

clerks1Smith ainda hoje é um cineasta de culto, devido ao seu humor explícito e diálogos bem elaborados. No entanto, tudo começou com este Clerks, a pequena comédia a preto-e-branco de baixo orçamento que comemorou este ano o seu 20º aniversário. Smith ainda escreveu e realizou uma sequela uma década depois que ainda conseguiu algum apoio da crítica e dos fãs. Está agora a preparar o terceiro filme.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s