Rambo: O herói de guerra americano

First_blood_posterNuma América ainda bastante afectada pela Guerra do Vietnam, os veteranos são mal recebidos pelo povo. E é aqui que entra John Rambo, um veterano solitário que visita um velho companheiro de armas apenas para descobrir que o mesmo já faleceu. Numa cidade onde é desconhecido, o chefa da polícia local recebeu-o de forma hostil e assim começa uma espécie de guerra entre Rambo e o polícia, num retrato da América da altura.

Baseado na novela de David Morell, First Blood deveria ser um filme único, especialmente quando ia adoptar o final do material de origem, com Rambo a cometer suicídio. No entanto, Rambo sobrevive e, devido ao sucesso comercial e crítico que o filme alcança, é apenas uma questão de tempo até surgir uma sequela.

Rambo-2-posterCom a estreia do primeiro filme, em 1981, a ser um grande sucesso, a continuação é uma confirmação. Estamos em 1985 e First Blood – Part II estreia nos cinemas. Sylvester Stallone assina o argumento, alterando vários aspectos do material inicialmente escrito por James Cameron. Desta vez, decide-se faze uma sequela totalmente diferente do filme inicial: Rambo mostra o porquê de ser considerado uma máquina de guerra, regressando em missão ao Vietnam, o sítio que muitos chamam de inferno e ele chama de casa, de acordo com o seu mentor, Coronel Trautman (Richard Creena). Deixa-se de lado o aspecto mais dramático da obra de Ted Kotcheff (o realizador do primeiro filme) e apresenta-se assim um espectáculo de acção, recheado de tiros, sangue e explosões, que viria ainda a criar algumas imagens icónicas. Pelo meio, temos ainda o lado político, uma espécie de obra de acção apoiante de Ronald Reagan, o presidente americano da altura.

001-rambo-iii-estados-unidosFirst Blood – Part II estreia no auge da popularidade de Stallone, acabando por ser um grande êxito comercial, apesar de pouco apoio por parte da crítica. Novamente, uma sequela começa a ser desenvolvida, ficando com estreia marcada para 1988. Rambo III, realizado por Peter MaCdonald, coloca Coronel Trautman como prisioneiro das tropas russas, quando estas atacam o povo afegão sem dó nem piedade. Rambo, numa espécie de retiro espiritual, regressa ao activo para salvar o seu mentor e amigo, ficando a lutar ao lado do povo afegão. Como é óbvio, Rambo III é um puro produto do seu tempo, sendo hoje conhecido em muitos meios como o filme em que Rambo ajuda os Talibãs.

O terceiro filme da saga estreia na altura em que a estrela de Stallone estava a ficar menos brilhante. Com críticas pouco favoráveis, o filme revela ser um fracasso comercial, mesmo com as suas boas doses de acção. E assim acaba a saga cinematográfica de John Rambo, um dos mais populares e icónicos heróis de acção americanos… durante 20 anos!

poster1Em 2008, Sylvester Stallone estreia Rambo (ou John Rambo), o quarto filme da saga e o primeiro realizado pelo actor. Desta vez, temos Rambo a ir até à Burma combater os militares que aterrorizam o povo. Stallone traz-nos uma personagem velha e cansada, reticente em regressar ao combate. Para além disso, tal como o filme anterior do actor, Rocky Balboa, ainda consegue jogar um pouco com a nostalgia do espectador. O resultado é um regresso em grande à saga, naquele que poderá ser visto como o segundo melhor depois do filme de estreia. O nível de violência é enorme, a acção coloca Rambo em mais campos de batalha, tudo isto conjugado com os fantasmas pessoais da personagem. O filme torna-se num êxito comercial, apesar da polémica à volta da violência e de ser banido em Burma.

No início de 2015, Sylvester Stallone revelou que o quinto e último filme da saga vai ser produzido, com estreia marcada para 2016. E é aí que poderemos ver o destino final daquele que é considerado o grande herói de guerra do cinema americano: John Rambo.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s