Sagas Cinematográficas: Terminator

the-terminatorUm sonho. Foi o que bastou para James Cameron começar a pensar no argumento para Terminator, obra que marcaria a sua estreia como realizador. Um cyborg é enviado ao passado para eliminar Sarah Connor, a mãe do futuro líder da resistência humana na luta contra as máquinas. No entanto, o soldado Kyle Reese também volta ao passado, com a missão de a proteger.

Terminator é um filme de ficção científica e acção estreado em 1984 que brinca com a ideia complexa de viajens no tempo e com as suas complexidades narrativas, dando-lhe um aspecto mais inteligente e lançando de vez as carreiras de Arnold Schwarzenegger e James Cameron que, de seguida, partiria para outro clássico: Aliens.

Terminator2posterA espera foi grande até o mundo conhecer a muito aguardada sequela. Terminator 2: Judgment Day estreia em 1991 e traz de volta Schwarzenegger, desta vez como o bom da fita, Linda Hamilton como Sarah e Cameron como o argumentista e realizador. Desta vez, a missão é matar John Connor enquanto criança, antes de se tornar no líder da resistência. No entanto, Sarah está determinada a impedir que o apocalipse aconteça.

Com um orçamento bastante maior, permitindo o uso de efeitos especiais inovadores e realistas, e novamente com um argumento complexo (ainda mais complexo, diga-se), Cameron tem assim uma das melhores sequelas de todos os tempos e um filme que entraria rapidamente para a história do cinema como um dos grandes filmes de acção. Terminator 2 consegue ainda tornar-se no maior êxito de bilheteira do ano, adorado pela crítica e pelo público.

20110513040803!Terminator_3_poster12 anos. Este é o tempo que distancia o segundo do terceiro capítulos da saga. Terminator 3: Rise of the Machines estreia em 2003 e é o primeiro a não ter o envolvimento de Cameron. No entanto, Schwarzenegger regressa no seu papel icónico, desta vez com umas doses de humor pelo meio. A seu lado temos Nick Stahl como John Connor e Claire Danes como a futura mulher deste. Aqui, um terminator bastante avançado é enviado ao passado para eliminar futuros elementos importantes da resistência. Connor, que passou vários escondido, não está na lista mas a sua futura esposa sim. O velho Terminator é enviado para ajudar Connor e os seus colegas. Pelo meio, tentam impedir o aidado dia do julgamento.

Jonathan Mostow realiza este terceiro capítulo, sempre sem a agilidade e inteligência de Cameron. No entanto, mesmo não conseguindo agradar aos fãs da saga, a crítica apoia o filme e este torna-se num sucesso comercial. Mesmo assim, as sequelas que estavam planeadas nunca vêem a luz do dia devido aos vários problemas de autor que perseguem a saga.

Terminator-salvation-posterEm 2009, estreia Terminator Salvation, de McG. Desta feita deixa-se as viajens temporais e conhecemos o futuro, onde a luta entre os humanos e as máquinas está cada vez mais intensa. Christian Bale é Connor e este pretende engendrar o plano definitivo para acabar com a guerra. No entanto, surge um homem misterioso que poderá colocar os seus planos em risco.

Salvation poderia ser uma lufada de ar fresco na saga. No entanto, com um argumento preguiçoso que teima em dar atenção especial aos efeitos especiais e às cenas de acção e também em desrespeitar muita da mitologia estabelecida nos dois primeiros filmes, acabamos por ter aqui uma obra fraca que desilude os fãs e que acaba por ser um fracasso comercial, deitando por àgua os planos para as sequelas. Mesmo assim, a saga teima em morrer…

_1431614828Estamos agora em 2015. Terminator Genisys é o quinto capítulo e serve de sequela/prequela/reboot, com os eventos do primeiro filme a serem alterados, iniciando assim uma nova linha temporal. Schwarzenegger regressa como o exterminador, mais velho, Emilia Clarke é a nova Sarah Connor e Jay Courtney o novo Kyle Reese. O filme de Alan Tayor, apesar de boas ideias, acaba por ser esquecido num Verão recheado de sequelas mais apelativas e torna-se num fracasso comercial nos Estados Unidos. No entanto, os resultados internacionais poderão salvar a saga e dar luz verde às duas sequelas em desenvolvimento.

Com bastantes pontos baixos na sua história, a saga iniciada por James Cameron atingiu o seu auge no início da década de 90 com o seu segundo capítulo. Mesmo com a sua teimosia, Arnie e o seu cyborg estão sempre de regresso e, quem sabe, num futuro próximo, Terminator volte a ter dias melhores. Até lá, temos sempre os clássicos intemporais de Cameron, esses sim, obrigatórios!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s