Sessão de Culto #122: Pink Flamingos (Ciclo Midnight Movies)

120Trash Cinema… Um sub-género que leva os seus conteúdos ao limite do mau gosto. Um dos pioneiros deste sub-género foi o realizador de culto John Waters, com a sua obra de estreia: Pink Flamingos.

Estreado no circuito das sessões da meia-noite em 1972, Pink Flamingos tornou-se num dos grandes e mais influentes sucessos dos Midnight Movies, conseguindo ainda ser um verdadeiro exemplo do cinema independente americano. Obra de baixo orçamento e de origem completamente independente, Pink Flamingos é protagonizado por Divine, uma drag queen que conseguiu ganhar um estatuto de culto devido à obra de Waters.

Pink-Flamingos-dreamlanders-8926551-891-526A cena mais conhecida deste Pink Flamingos é quando Divine decide comer escrementos de cão, consolidando a sua imagem de trash movie. Para além disso, a sua forte mensagem gay, bem como a natureza do protagonista, acabam por fazer da obra de Waters um objecto único, destinado a um público underground, perfeito para os Midnight Movies.

Pink-FlamingosPink Flamingos é assim um dos grandes filmes de culto underground dos anos 70 e um dos grandes sucessos do movimento Midnight Movies, ajudando a consolidar a sua reputação. Para além disso, serviu de rampa de lançamento para um dos grandes cineastas independentes americanos, com um grande seguimento de culto: John Waters.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s