The Girl on the Train

Uma mulher alcóolica e atormentada viaja todos os dias de comboio, passando pelo local onde morava com o seu marido, seguindo assim as vidas do seu ex e dos vizinhos ao lado. No entanto, quando a vizinha desaparece, vê-se no meip de um mistério que pretende resolver.

Baseado no best-seller de Paula Hawkings que tantas cópias vendeu, The Girl on the Train é realizado por Tate Taylor (The Help) e protagonizado por Emily Blunt e estreou numa altura que o posiciona como potencial filme para prémios.

Apesar do mistério interessante, Taylor decide seguir um caminho seguro, sem nunca arriscar e caindo numa resolução bastante prevísivel. O elenco bem se esforça, especialmente Blunt, que tem aqui um bom desempenho como a protagonista obsecada pelo passado que perdeu. Mesmo com o trabalho de Blunt a elevar o resultado final, tudo o resto é demasiado simples, passando também pela realização de Taylor, competente mas segura demais.
The Girl on the Train tinha potencial para ser um thriller acima da média. No entanto, é apenas um thriller competente e prevísivel, que se esforça demasiado para ser o próximo Gone Girl, falhando completamente. Vale muito por Blunt.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s