Point Break (2015)

Em 1991, a realizadora Kathryn Bigelow trouxe ao mundo, juntamente com o seu marido da altura James Cameron, Point Break, filme de acção protagonizado por Keanu Reeves e Patrick Swayze onde um agente do FBI tem como missão infiltrar-se num grupo de surfistas suspeitos de actividades criminosas, acabando por formar uma amizade com o líder do grupo. Em 2015, alguém julgou ser boa ideia fazer um remake do filme de culto de Bigelow, visto por muitos como um dos melhores filmes de acção dos anos 90.

A premissa continua igual mas desta vez deixando o surf praticamente de lado para dar lugar aos desportos radicais, tudo feito para satisfazer um deus qualquer. Sim, o novo Point Break, para além de desnecessário, é ridículo e fraco a todos os níveis, começando pelo péssimo argumento, passando pelo elenco pouco esforçado, personagens desinteressantes e acabando nas cenas de acção genéricas e pouco inspiradas, algo mau para um filme do género. Tudo isto sempre com um ritmo aborrecido e sem chama.

Point Break é um remake desnecessário e fraco, que acaba por ser uma perda de tempo. Um dos piores de 2016.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s