The Autopsy of Jane Doe

Depois de ser encontrada enterrada na casa de um família assassinada, o cadáver de uma jovem é levado para a morgue local, gerida por um veterano médico legista, acompanhado do seu filho. Quando se deparam com o seu corpo, apercebem-se de algo estranho, já que não conseguem encontrar nenhuma causa para a sua morte.

Realizado por André Øvredal (Trollhunter), The Autopsy of Jane Doe é um thriller de terror de baixo orçamento protagonizado por Emile Hirsch e Bryan Cox. Øvredal pega numa ideia simples e apoia-se bastante num argumento bem conseguido e no par de protagonistas, ambos com desempenhos notáveis. Temos assim uma obra recheada de suspense e tensão, num jogo muito bem elaborado por Øvredal, sempre com uma atmosfera arrepiante e algo claustrofóbica, com uns twists surpreendentes, mesmo que se perca um pouco no terceiro acto.

The Autopsy of Jane Doe é uma bela surpresa e um dos melhores filmes de terror a estrear nestes últimos tempos. Mesmo com um última parte mais fraca, os dois protagonistas, o suspense e a atmosfera criados conseguem compensar as suas falhas. Muito recomendado.

Trailer:

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s